barra topo teste.png
Notícias de Jataí e Região

 

Fique por dentro de tudo o que acontece em Jataí e no sudoeste goiano,

informação de qualidade com credibilidade, temos notícias, entretenimento, lazer, e muito mais.

   

 
Mutirão de limpeza em diversos pontos da cidade

 

montagem01.png

A Prefeitura de Jataí , através da Secretaria do Meio Ambiente e Urbanismo, está realizando mutirões de limpeza, poda, roçagem e a recuperação de meios fios, em diversos pontos da cidade.

 

Nestes mutirões participam detentos de baixa periculosidade por meio do projeto Reeducando. Essa parceria tem a finalidade de ressocializar os detentos por meio do trabalho e gerar uma contrapartida à sociedade.

 

Tudo com o objetivo de oferecer a correta manutenção em praças, jardins, canteiros, meio fios e lotes baldios de responsabilidade da administração municipal, criando assim, um ambiente mais agradável e seguro à toda a comunidade.

 

A ação atende uma exigência do Prefeito Humberto Machado e visa valorizar as áreas urbanas que são de responsabilidade da administração. A Prefeitura está trabalhando para deixar a nossa querida Jataí mais limpa e atraente.

 

Texto: Larissa Soares Silva
Fonte: jatai.go.gov.br

   

 
Fábrica de veículos elétricos faz Jataí ser notícia nos EUA

 

onibus.jpg

A Voltron e seu fundador e diretor David González escolheram a cidade de Jataí como o local perfeito para a construção da fábrica onde será realizada a fabricação da frota de automóveis e automóveis.

 

Os maiores veículos elétricos da América do Sul e o terceiro maior do mundo.

 

Cada vez mais governos estão adotando medidas para controlar a circulação de veículos em suas cidades. Isso colocou o carro elétrico no centro da mobilidade global. A substituição da frota de transporte público é uma prioridade na maioria dos países.

Os veículos elétricos vêm ganhando destaque no mercado automotivo nos últimos anos. No entanto, para a América Latina, ainda é uma questão relativamente atual. As grandes empresas asiáticas e alemãs estiveram na vanguarda em novas tecnologias e investimentos no setor de carros elétricos.

 

Com a chegada da Voltron ao mercado e o desenvolvimento de sua frota, um novo gigante automotivo chega para revolucionar o mercado global. Está colocando o Brasil como eixo central na fabricação e distribuição de seus veículos.

Na fábrica de Jataí também será construído um aeroporto para transporte e distribuição das frotas, atingindo o cliente final em tempo recorde.

 

Esse tipo de investimento pode significar um passo significativo em direção a uma possível sociedade sustentável, o que traria benefícios consideráveis ​​nos planos econômico, social e ambiental.

 

Por que os veículos sustentáveis ​​são importantes?

Com a intensificação do número de veículos nas cidades, o aumento do gás carbônico na atmosfera fica mais visível, assim como a poluição sonora gerada pelo ruído do motor e a contaminação por materiais descartados e peças de reposição.

 

Devido a esta crise de transporte, os governos pretendem implementar medidas de transporte sustentável usando veículos ferroviários, como o metrô e trens de superfície, especialmente ônibus movidos a combustíveis alternativos, ciclovias e esteiras rolantes.

Para que uma obra como essa seja executada, serão necessários 2.500.000 m2 de terreno para a construção de duas linhas de veículos elétricos em Jataí (GO).

Um será construído para automóveis e outro para caminhões e ônibus. Por sua vez, serão necessários 2.000.000 m2 para produzir o aeroporto de cargas na mesma área.

 

A Voltron Motors será responsável pelo projeto de ônibus elétricos com tecnologias avançadas implementadas pelos laboratórios Yutong. Esse uso de tecnologia melhorará o desempenho dos ônibus e trará benefícios notáveis ​​ao setor automotivo latino-americano.

Com a instalação deste novo meio de transporte, inúmeros empregos serão criados em diferentes áreas de construção, montagem, serviço e condução, o que aumentará as oportunidades de emprego e melhorará a economia.

 

Sem contar o avanço sustentável, você vai conseguir usando este método. O Brasil se tornará um dos primeiros países da América Latina a utilizar esse tipo de transporte, gerando prestígio e respeito mundial.

 

Por: Gideone Rosa
Fonte: TheMiamiNews e goiaspress.com.br

   

118886744_2926560190781452_4903684613127547271_o.jpg
 
Você conhece o Projeto Tampatas?

 

Você sabia que o fato de jogar um plástico no lixo não faz com que ele desapareça?

 

A cada resíduo plástico que você "joga no lixo" como garrafa pet ou mesmo uma tampinha de plástico formam-se milhares de micropláticos que vão parar no solo, água e no seu estômago.

 

O resíduo plástico jogado no meio ambiente se quebra com o sol, calor, chuvas e vento. O mesmo forma milhares de microparticulas que contaminam tudo, inclusive seu organismo causando muitos problemas de saúde.

 

Ao mandar plástico para o aterro sanitário ou mesmo ao jogar na rua (basta olhar ao seu redor e ver a quantidade de sacolas plásticas ou garrafas jogadas em terrenos baldios e nas ruas ) você está fazendo mal a você e aos seus filhos. Pense nisso!

 

O Projeto Tampatas pensando nisso recolhe tampas plasticas e de metal protegendo o meio ambiente. Vendemos as tampinhas para a reciclagem e arrecadamos para a castração de animais de rua.

 

Como o valor arrecadado é pequeno (mas muuuito válido também pela questão ambiental já explicada) nós NÃO recolhemos, mas temos ponto de coleta!

 

Vamos proteger o meio ambiente e ajudar na causa animal? Conto com vc!

 

Ponto de coleta: Viveiro FLOR DE LIS, Rua N3 nº 29, Jardim Paraíso. WhatsApp: 99952-8376

 

Ponto de coleta: Loja Feito Eu, na avenida Goiás ao lado do banco do Brasil com a Kelly Adriane Assis Carvalho.

   

renault-captur-bose.jpg
 
Avaliação do Renault Captur

 

Enquanto muitos apostavam na pandemia como um marco na queda da procura por veículos em território nacional, a categoria de seminovos reacendeu uma possibilidade de retomada no setor.

Agora, mesmo que o consumidor renegue a possibilidade de adquirir um veículo, dada a crise financeira provocada pela aceleração da pandemia no Brasil, as vantagens apresentadas pela oferta de usados tem motivado muitos daqueles que descartaram essa aquisição.

 

Fato é que, quando decidimos pela compra de um carro, devemos nos atentar as nossas finanças e, observando o orçamento mensal, realizarmos um investimento consciente, sem que efeitos sejam acarretados ao nosso bolso em longo prazo. E, no que se refere aos veículos utilitários esportivos, cujo valor de mercado tende a superar os hatchs e sedãs, reforça-se a importância de ponderarmos a respeito de um financiamento e, sobretudo, explorarmos o mercado com o intuito de identificar um automóvel que se alinhe a uma perspectiva financeira menos arrojada.

 

Devido a esse planejamento do brasileiro, o Renault Captur fundamenta suas vendas, atribuindo a um preço mais acessível suas aquisições se compararmos com os principais concorrentes da categoria. No entanto, as particularidades do SUV da fabricante francesa não param por aí e, neste artigo, apontaremos os prós que envolvem a compra do Captur. Portanto, prossiga com a leitura!

 

Os principais expoentes da Renault no BrasilA Renault é uma empresa francesa que atua no segmento automotivo, oferecendo soluções aos amantes do automobilismo e, concomitantemente a isso, aos meros consumidores deste meio de locomoção. No Brasil, por exemplo, a marca se difundiu de forma ímpar pelas ruas das principais metrópoles e, reunindo uma oferta vasta e diversificada, consolidou-se em nossa economia, acumulando números expressivos em vendas e exercendo uma influência no setor em território brasileiro.

 

O Kwid, modelo hatch que alcançou a 8ª colocação dentre os veículos mais vendidos de 2020, prevalece em relação aos demais expoentes da marca, apresentando dominância e estimulando a intensificação de investimentos da marca no país. Os tradicionais Sandero, Duster e Logan, porém, aparecem na 22ª, 35ª e 36ª posição, respectivamente, ilustrando uma defasagem da marca no que diz respeito à preferência do consumidor e reafirmando a necessidade de mudanças.

 

Por que o Captur apresentou queda nas vendas?

Somente em 44° o Renault Captur se situa, totalizando 6.484 unidades comercializadas em 2020 e contrastando com a expectativa criada em meio ao seu desenvolvimento. Modelo lançado em 2011, o SUV nem sempre esteve tão desprestigiado na categoria e, em um momento anterior, até chegou a propor uma experiência única de condução ao seu consumidor. Entretanto, diante de tantas inovações tecnológicas introduzidas na indústria automotiva, o automóvel francês de grande porte tornou-se ultrapassado e recuou na sua procura de zelo quilômetros.

 

O cenário promissor de SUV’s no Brasil ganhou maior evidência em 2018, fruto do desejo daqueles que prezam por performance aliada ao espaçamento interno. Desta maneira, o cidadão não parecia não hesitar em adquirir os modelos desta categoria, especialmente quando possuía uma família grande, contribuindo para tal aquisição.

 

Todavia, o mercado automotivo foi abalado em 2020 e, devido ao Covid-19, os investidores se depararam com o desinteresse do consumo por parte do brasileiro, uma vez que a empregabilidade parecia cada vez menos garantida. A projeção de avanço do setor em 2020 de 9,4% inverteu-se para o recuo de 40% e, deste modo, os seminovos tornaram-se a alternativa mais viável ao público inclinado a compra de um veículo.

 

A reação do SUV da montadora francesa

Beneficiado por essa nova movimentação, o Captur reagiu e, em junho deste ano, já alcançou a 10ªcolocação dos SUV’s mais adquiridos do país, com 1.367 unidades vendidas em 30 dias. À medida que sua suspensão confortável, seu espaço interno, sua praticidade na direção, seu motor 1.6, seu porta-malas volumoso e seu design moderno são elementos que alavancam as vendas do SUV da Renault no país, seus carros usados em Goiânia têm sido cada vez mais valorizados pelo público mais prejudicado pela crise, representando um novo comportamento do consumidor brasileiro e agindo em prol da manutenção da marca na indústria nacional.

 

Gostou deste artigo sobre Avaliação do Renault Captur? Não perca tempo e compartilhe-o em suas redes sociais!

   

 
Ministério público solicita interdição
de frigorífico em Jataí

 

As irregularidades no local persistem por vários anos


Por recomendação do Ministério Público, a Prefeitura Municipal de Jataí interditou, neste fim de semana, o Frigorífico Abelha. A indústria foi notificada e a autuada por diversas vezes ao longo dos últimos anos e segue sem resolver questões essenciais no âmbito ambiental. 

 

A interdição se deu por várias irregularidades. Entre elas, destacam-se ausência de licenças e alvarás e  problemas com a lagoa de decantação de resíduos. 

 

Segundo a promotora Keila Martins Ferreira Garcia, os proprietários não conseguiram resolver as pendências da indústria, que tem sido solicitadas aos empresários desde o ano de 2012. “O ministério público entende que nesse momento a melhor alternativa é manter a interdição”, afirmou a promotora.

 

Os proprietários do frigorífico informaram – à equipe da Rádio Difusora de Jataí – que os advogados da empresa estão em tratativa com o Ministério Público para realizar um acordo para a reabertura da indústria.

frigorifico-policia.jpg

Texto por Estael Lima Foto: Alex Alves Fonte: Portal Panorama

 

 

   

 
Câmara aprovou mudanças no código de trânsito e para tirar a CNH

 

Todas as alterações realizadas no projeto vão começar a valer em 180 dias após a publicação da lei. Confira os pontos que foram modificados e estão em análise.

 

A Câmara dos Deputados aprovou mudanças no Código de Trânsito Brasileiro na terça-feira,23. A proposta que tem como relator o deputado Juscelino Juscelino Filho (DEM-MA) seguirá agora para voto no Senado com modificações feitas no texto-base.

 

Todas as alterações realizadas no projeto vão começar a valer em 180 dias após a publicação da lei, mas primeiro o texto precisa ser aprovado no Senado sem modificações e ainda ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro. Veja os pontos que foram modificados e estão em análise:

 

1 – Validade da CNH
O projeto aumenta a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para dez anos para condutores com até  50 anos de idade. O prazo atual, de cinco anos, continua para aqueles com idade igual ou superior a 50 anos.

 

A renovação a cada três anos, atualmente exigida para as pessoas que têm  65 anos ou mais, passa a valer somente para os motoristas com 70 anos de idade ou mais.

 

Uma outra proposta que consta no texto é vincular a suspensão do direito de dirigir por pontos à gravidade da infração.

 

2 – Retenção de CNH por limite de velocidade
A apreensão da CNH e a suspensão imediata do direito de dirigir por ultrapassar a velocidade 50% superior à permitida na via também é uma proposta, a suspensão deve depender de processo administrativo.

 

3 – Cadeirinha
O uso da cadeirinha ou assento elevado por crianças continua sendo obrigatório também no novo texto e prevê multa gravíssima por transporte de crianças sem obedecer as normas de segurança da lei. Mas o relator acrescentou o limite de altura de 1,45m à idade de dez anos.

 

Atualmente, o código somente especifica que as crianças de dez anos devem ir no banco traseiro, sem exigir o limite de altura. O relator, Juscelino Filho, ainda retirou a possibilidade de aplicação de multa com fundamento em resoluções do Contran, o que é alvo de contestações judiciais.

 

Por outro lado, esse órgão deverá ser responsável por regulamentar as situações em que o uso da cadeirinha ou assento elevado poderá ocorrer no banco dianteiro.

 

4 – Pontos para suspensão da carteira
O texto estabelece que a pessoa terá o direito de dirigir suspenso determinados por uma hierarquia de  20, 30 ou 40 pontos durante e levando em consideração se as infrações foram gravíssimas ou não.

O condutor terá a carteira suspensa com 20 pontos se tiver cometido duas ou mais infrações gravíssimas; com 30 pontos se tiver uma infração gravíssima; e com 40 pontos se não tiver cometido infração gravíssima nos últimos 12 meses.

 

20 pontos – duas ou mais infrações gravíssimas
30 pontos – uma infração gravíssima
40 pontos – se não tiver infração gravíssima no prazo de 1 ano


Atualmente, o condutor tem a carteira suspensa com 20 pontos, independentemente do tipo de infração.

cnh-reproducao.jpg

5 – Exame médico
O texto que segue para o Senado acaba com a exigência de os profissionais médicos e psicólogos responsáveis pelos exames serem credenciados nos órgãos de trânsito estaduais para atuar. Porém eles vão precisar obter titulação de especialista em medicina do tráfego e psicologia do trânsito.

 

Esses profissionais vão ter o prazo limite de até três anos a partir da publicação da futura lei para terminarem a especialização. O texto ainda prevê a criação de um processo de avaliação dos exames, tanto por parte dos examinados como dos órgãos de trânsito em cooperação com os conselhos regionais de medicina e de psicologia.

Além disso, o proposta traz a obrigatoriedade de avaliação psicológica e curso de reciclagem para os condutores que tiveram o direito de dirigir suspenso, e que ainda tenham sido condenados judicialmente por delito de trânsito e enquadrados em casos definidos pelo Contran como risco à segurança do trânsito.

 

6 – Exame toxicológico
A exigência do exame toxicológico para obtenção ou renovação da CNH  de condutores com carteiras das categorias C,D e E foi mantida. O exame deve ser feito a cada dois anos e meio.

 

Apenas os motoristas com menos de 70 anos vão precisar fazer novo exame depois de dois anos e meio da renovação, isso para adaptar os prazos em razão das validades diferenciadas da carteira.

Atualmente, quem tem 65 anos ou mais precisa repetir o exame depois de um ano e meio, periodicidade que passa a ser exigida para aqueles com 70 anos ou mais.

 

7 – Proibições
De acordo com o Código de Trânsito atual, para que o condutor possa habilitar-se nas categorias D ou E, ou possa dirigir ônibus, transporte escolar, ambulância ou transportar produto perigoso, é necessário que ele não tenha, durante os últimos 12 meses, cometido nenhuma infração grave ou gravíssima ou não seja reincidente em infrações médias.

 

O texto aprovado na Câmara propõe que profissional não tenha cometido mais de uma infração gravíssima nesse período. O que significa que ele pode ter até uma infração desse tipo para conseguir a habilitação nas categorias citadas.

Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

 

   

 
Crea Goiás terá eleição para presidente

 

O pleito ocorrerá no dia 15 de julho de 2020 em todo o território goiano


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO) vai eleger o seu presidente para o triênio 2021/2023. O pleito será realizado no dia 15 de julho próximo, das 8h às 19h, na sede do Crea Goiás, em Goiânia, e nas inspetorias da autarquia em 28 municípios de Goiás, o que permitirá a participação de todos os engenheiros e agrônomos residentes no Estado. 


O profissional eleitor também vai eleger o novo presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e os novos diretores da Mútua, a Caixa de Assistência dos Profissionais das categorias. Em Goiás, participam das eleições somente os profissionais registrados/vistados no Crea-GO e que estiverem em dia com suas obrigações. 


Dos 60 mil profissionais registrados no Conselho goia¬no, 22 mil estão aptos a votar. Realizadas a cada três anos, as eleições gerais do Sistema Con-fea/Crea e Mútua – a maior de¬pois das eleições gerais – ocorrem por meio do voto direto de mais de 1,5 milhão de profissionais que compõem o Sistema. São eles: engenheiros, agrônomos, geólogos, geógrafos, meteorologistas, tecnólogos e técnicos de nível médio.


Em Goiás, quatro profissionais são candidatos a disputar a presidência do Crea para o próximo triênio: o engenheiro eletricista Jovanilson Faleiro Freitas, o engenheiro civil Idalino Serra Hortêncio, o engenheiro civil Lamartine Moreira Júnior e o engenheiro eletricista Petersonn Gomes Caparrosa Silva. 


Para a presidência do Confea concor¬rem os engenheiros civis Diogo Mesquita Aguiar, Alexandre Magno Santos Cruz, Joel Kruger, Paulo Roberto de Queiroz Guimarães, Rizomar Rodrigues da Silva e Marcos Moliterno. Para diretoria da Caixa de Assistência Mútua-GO são candidatos, para Diretor Administrativo, os engenheiros eletricistas Bruno dos Santos Aguiar e Urias Luis Silva Fleury, o engenheiro mecânico Fábio Souza Gomes e, para Diretor Geral o engenheiro civil Luiz Soares de Queiroz.

 

Candidato Jovanilson Freitas propõe uma engenharia forte
    “Ao longo dos anos os profissionais das diversas engenharias do Sistema Confea/Crea estão sendo continuamente preteridos diante da importância que possuem para sociedade”. Esta é a opinião do engenheiro eletricista Jovanilson Freitas, candidato a presidente do Crea Goiás que, caso eleito, vai mover ações para que o sistema tenha uma “engenharia forte”. 


Segundo ele outros segmentos têm vozes, créditos e são valorizados, ocupando os espaços destinados às engenharias. “Nosso sistema é o último a participar das discussões das engenharias. Obras são embargadas e interditadas sem nossa manifestação, as empresas de engenharia desacreditadas e destruídas e postos de trabalho são eliminados sem posicionamento do sistema” ressalta.


Por outro lado, o candidato Jovanilson Freitas afirma que o Crea Goiás não possui um cronograma de planejamento e gestão de médio prazo. Para tanto, se for eleito presidente, objetiva estabelecer um plano plurianual para a gestão e planejamento para a autarquia. “Vamos buscar a valorização das engenharias”, enfatiza.
É pretensão dele mostrar tanto para a sociedade como para profissionais a importância que tem o sistema e o quanto são fundamentais para o desenvolvimento de comunidade, cidades, Estado e País. Para a efetivação deste cenário, o candidato a presidente do Crea Goiás anuncia que a sua gestão atuará na valorização profissional e no reconhecimento das entidades de classe, instituições de ensino e empresas de engenharia


    Na valorização profissional fortalecerá os profissionais do Crea Goiás impondo fiscalização eficiente e rigorosa no combate ao exercício ilegal das profissões. E também estabelecerá a sua capacitação contínua por meio de palestras, cursos, participação em eventos técnicos e exigirá das empresas o cumprimento da Lei 4.950-A/66”, de ter em seus quadros profissionais do sistema. 


    Bem como implantará reuniões contínuas com os profissionais para o conhecimento do sistema Confea/Crea, sua estrutura, legislação, responsabilidades e fará ainda com que o sistema trabalhe em defesa dos profissionais. No reconhecimento das entidades de classe trabalhará para que sejam ferramentas de divulgação de ações em prol dos associados.
     
Para enaltecer as instituições de ensino unificará as grades escolares para os profissionais terem suas atribuições por formação, bem como para que os cursos das engenharias à distância (EAD) sejam homologados em conformidade com a formação dos egressos. E formatará convênios com as empresas para que os novos profissionais tenham nelas a primeira oportunidade profissional.


A intensão, com isso, é tornar o Crea Goiás parceiro nas discussões do mercado de trabalho, ações e representações junto às empresas de engenharia na manutenção dos postos de emprego. Outra ação da gestão será priorizar os recursos tecnológicos e disponibilizá-los aos profissionais e formar e capacitar com conhecimentos os colaboradores no atendimento que prestam ao segmento. 

Fonte: Release

 

Jovanilson Freitas (CP).jpg

Jovanilson Freitas, candidato a presidente do Crea Goiás

 

Sede Crea-GO.jpg

Sede Crea-GO

 

Perfil
O candidato a presidente do Crea Goiás, Jovanilson Freitas, engenheiro eletricista, é pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho, Gestão em Auditoria, Perícia Ambiental e Engenharia da Qualidade. Também é Auditor líder de certificação das Normas ISO 9001/14001 e OHSAS 18001 e Perito Judicial do TJ-GO. Atuou como conselheiro do Crea-GO nos períodos de 2006 a 2009 e de 2013 a 2018.

 

Foi eleito seis vezes coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica, além da Coordenadoria nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia Elétrica nos anos de 2016 e 2018. E ainda eleito coordenador da Coordenadoria Nacional das Comissões Ética, no ano de 2015. É associado da Associação Goiana de Engenheiros de Segurança do Trabalho e do Sindicato dos Engenheiros no Estado de Goiás 


Presidiu a Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas de Goiás em 2011/2013 e foi funcionário da Celg e Furnas Centrais Elétricas. Atuou como professor titular na Unialfa no período de 2013-2015, sendo atualmente professor convidado nos cursos de Pós-Graduação da RTG e cursos profissionalizantes do INPEG. 

 

   

555555555555.jpeg
 
Divulgada a relação da homologação do resultado final do concurso público para a Guarda Civil Municipal

 

A Comissão de Seleção do Concurso Público da Prefeitura de Jataí divulgou a relação da homologação do resultado final do concurso público para a Guarda Civil Municipal, a partir da recente alteração no Edital 02/2020.

 

Para acessar as divulgações dos resultados, clique AQUI.

Fonte: Comunicação PMJ Texto: Nicolas Mardem Arte: Nathália Lima

   

 
EMPRESÁRIO JATAIENSE QUE FOI BALEADO DURANTE DISCUSSÃO EM CRISTALINA MORRE APÓS DOIS DIAS INTERNADO

 

O corpo do comerciante Alex Ferreira Oliveira, de 40 anos, foi enterrado na manhã de domingo (21) em Jataí, na região sudoeste de Goiás. O comerciante foi baleado durante uma discussão, na tarde de quinta-feira (18), em Cristalina, no entorno do Distrito Federal.


Uma câmera de segurança registrou o crime. Nas imagens é possível ver quando atirador e baleado se falam rapidamente. Em seguida, o suspeito aponta a arma para Alex e dispara duas vezes. Alex chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Base do Distrito Federal, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.


De acordo com o delegado Fabiano Medeiros, o suspeito que não teve o nome nem a idade divulgados, já teria tentado matar Alex há dois anos. Agora o homem é considerado foragido pelo crime de homicídio qualificado. Segundo testemunhas relataram à TV Anhanguera, atirador e baleado são comerciantes e já haviam discutido outras vezes.


Na despedida, por conta da pandemia de coronavírus, amigos e familiares só puderam velar o corpo por quatro horas e tiveram que fazer um revezamento dentro da sala de velório. Bastante emocionada, Mércia Meiza Nogueira Dias, viúva de Alex, lamentou a morte do marido e pediu por justiça.


"Meu sentimento agora, a minha vontade, e eu sei que ela será cumprida, é que ele fique preso, que ele vai pagar na cadeia o que ele fez. Porque ele acabou com a vida de um pai de família, um cara trabalhador, que era amigo de todo mundo", disse.

23423424.png

Fonte: G1

 

   

aaaaa.jpg
 
Atualizando os casos do novo
coronavírus em Jataí. Confira!

 

   

 
RIO VERDE PASSA GOIÂNIA EM NÚMERO DE CONTAMINADOS PELO CORONAVÍRUS

 

Com 5.569 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, Rio Verde, cidade localizada na região Sudoeste de Goiás, passou Goiânia em número de casos da doença. A capital registra 5.275 mil pessoas contaminadas. Os dados constam nos boletins epidemiológicos das Secretarias Municipais de Saúde (SMS), publicados na noite de domingo (21/6).

 

Do total de casos, Rio Verde tem 2.677 pessoas em isolamento domiciliar, sendo monitoradas pelas equipes de saúde, e 56 pacientes internados. Já em Goiânia, 160 estão internados em tratamento e 730 seguem isoladas, também em monitoramento. Rio Verde ainda tem 649 casos suspeitos em investigação, aguardado resultado. Destes, 597 estão isolados em casa e 52 estão internados. Rio Verde e Goiânia somam mais de sete mil recuperados do novo coronavírus.

 

Mesmo passando Goiânia em número de casos, Rio Verde segue com o número de mortes bem abaixo do que o registrado na capital. São 29 óbitos confirmados na cidade do interior, enquanto Goiânia registra 114 mortes entre moradores. Na cidade, a taxa de ocupação dos leitos para covid-19, na rede pública, é de 47,3% na enfermaria e 32,3% na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Já na rede privada, 71,8% dos leitos de enfermaria estão ocupados; na UTI a taxa de ocupação é de 68,7%.

 

Goiânia, que confirmou 240 novas infecções em 24 horas, 890 pacientes que seguem ativos para o novo coronavírus. Destes, 160 estão internados em tratamento e o restante cumpre isolamento domiciliar, sendo monitorados por equipes da saúde. Desde o início da pandemia, os 470 pacientes que receberam assistência nas unidades que são referência para o tratamento da doença na capital, 234 necessitam de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O número corresponde a 50% das internações.


De acordo com a SMS de Rio Verde, até o momento, 2.807 pessoas já se recuperaram da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Já em Goiânia, segundo a pasta, 4.271 pacientes já estão curados da infecção. As cidades somam 7.078 recuperados da doença no estado.

Fonte: Dia Online

 

bbbbbbbb.jpg

   

aaaa.jpeg
 
Prefeitura disponibiliza formulário a respeito do Novo Plano Diretor de Jataí.

 

A Prefeitura de Jataí está trabalhando na revisão do novo Plano Diretor do Município, que é a principal lei municipal que define como será o planejamento, o desenvolvimento, a expansão urbana e a gestão municipal.

 

Dentre outras ações, nos próximos 10 anos o plano pode interferir na forma de uso das propriedades e no incentivo à instalação de indústrias, que podem afetar a vida da população de forma positiva.

 

Em virtude do Coronavírus, estamos aplicando um questionário online para ampliar a participação da população, assim poderemos elaborar um diagnóstico observando o seu ponto de vista!

 

Acesse o formulário a respeito do Novo Plano Diretor clicando AQUI.

Fonte: Comunicação PMJ Texto: Nicolas Mardem Arte: Nathália Lima 

 

   

 
Atendimento para esclarecer
dúvidas dos empresários

 

A Casa do Empreendedor comunica que a partir do dia 15/06, estará fazendo atendimento presencial apenas através de agendamento. Quem necessitar de alguma orientação deve ligar ou enviar mensagem pelo WhatsApp nos números (64) 3632-4070 e (64) 3632-4028 ou enviar e-mail para indcom@jatai.go.gov.br.

 

A mudança no atendimento segue as determinações dos decretos municipais, que dispõem sobre medidas preventivas emergenciais de enfrentamento da pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19).

Os atendimentos presenciais devem ser agendados e serão apenas para os tipos listados abaixo, sendo que os demais atendimentos serão apenas por telefone ou WhatsApp.

 

  • Credenciamento da NFSE
  • Formalização com Inscrição Municipal
  • Alteração de dados no CNPJ
  • Encerramento / Baixa de CNPJ
  • GoiásFomento

Em virtude dessa alteração foi criado um passo a passo para a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviços (NFS-e) e de Guias de Pagamentos via internet.

 

Confira!

10 PASSOS PARA EMITIR NOTAS FISCAIS

ELETRÔNICAS DE SERVIÇOS (NFS-e)

 

Passo 1: acesse www.jatai.go.gov.br.
Passo 2: posicione o cursor do mouse em “SERVIÇOS”.
Passo 3: clique em “NFS-e”.
Passo 4: preencha o campo “Usuário”, que corresponde ao seu CPF ou e-mail, e, em seguida, digite sua senha no campo “Senha” e clique no botão verde “Entrar”.
Passo 5: clique em “Emitir NFS-e”.
Passo 6: selecione “Prestador de Serviço” e clique em “Próximo”.
Passo 7: digite o CPF e o CNPJ da pessoa para quem prestou o serviço, em seguida, clique em “Próximo”.
Passo 8: clique na setinha e selecione o item “Serviço, Atividade e CNAE”, em seguida, clique em “Próximo”.
Passo 9: descreva o serviço realizado e informe o local e o valor do serviço.
Passo 10: clique em “Emitir Nota” e, em seguida, em “Gerar Nota”.

Observação: todos os campos a serem preenchidos têm um asterisco na cor vermelha.

Fonte: Comunicação PMJ Texto: Nicolas Mardem Arte: Nathália Lima 

 

whatsapp-image-2020-06-10-at-12.35.53.jpeg-min.jpg

8 PASSOS PARA EMITIR GUIAS DE PAGAMENTO

 

Passo 1: acesse o site www.portaldoempreendedor.gov.br.
Passo 2: clique em “SERVIÇO”.
Passo 3: desça até a área “PAGUE SUA CONTRIBUIÇÃO MENSAL”.
Passo 4: clique em “BOLETO DE PAGAMENTO”.
Passo 5: digite o CNPJ completo e, abaixo, os caracteres que aparecem na imagem ao lado. Em seguida, clique no botão verde “Continuar”.
Passo 6: clique em “Emitir Guias de Pagamento.
Passo 7: informe o ano no calendário.
Passo 8: escolha o mês.

 

Contamos com a colaboração e a compreensão de todos.

   

rua-nove-de-julho-recebe-recapeamento-asfaltico-hV1K.jpg
 
Programa de recapeamento 
no Residencial Cylleneo França

 

A Prefeitura de Jataí, por meio da Secretaria de Obras e Planejamento Urbano, inicia o programa de recapeamento asfáltico no Residencial Cylleneo França. A iniciativa integra o maior programa de recapeamento que a cidade já teve e objetiva melhorar a locomoção das pessoas, dando mais segurança para pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores de veículos automotivos.

Fonte: Comunicação PMJ Texto: Nicolas Mardem Arte: Nathália Lima 

 

   

 
Apreensão de aproximadamente 300 kg
de maconha em veículo de funerária armazenados em 2 caixões em Jataí

 

De acordo informações divulgadas pela 18ª CIPM – CPE e 14° CRPM, na madrugada desta Segunda-feira, a equipe CPE 90 realizava uma operação na BR-060, quando realizou abordagem a um veículo funerário.

 

Ao iniciar a entrevista, o condutor demonstrou bastante nervosismo, alegando que estaria transportando dois corpos de vítimas de COVID-19, saindo de Ponta Porã / MS, com destino a Goiânia.

 

A equipe solicitou a documentação necessária para o transporte dos corpos, momento em que o abordado informou não os possuir.

 

Foi feita verificação no interior do veículo, sendo constatado que os caixões estavam lacrados, cercados de invólucro plástico, segundo o condutor essas seriam precauções adotadas para evitar o contágio do vírus. No entanto, diante de informações desencontradas aliadas ao nervosismo do abordado, os policiais decidiram por abrir os caixões, momento em que foi verificado que se tratava de um carregamento de drogas.

 

Ao realizar a pesagem e conferência da substância foi possível constatar que o transporte seria de aprox. 300 KG de maconha. O autor possui 22 anos. Diante dos fatos, o autor e as drogas foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.

Fonte: Repórter Mari - Plantão JTI

zzzzzz.jpg

   

 
Comerciantes noturnos protestam contra
novo decreto da prefeitura de Jataí

 

Decreto integral dispondo sobre as novas regras para o funcionamento e suspensão de atividades comerciais devido a pandemia Covid-19, considerando a Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público de Goiás.

 

A Prefeitura de Jataí considerando a Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público de Goiás, muitos comerciantes estão protestando contra as novas determinações.

 

Em forma de protestos alguns donos de bares , lanchonetes e outro comerciantes da noite realizaram um protesto na porta da sede da Prefeitura de Jataí.

Fonte: Repórter Mari - Plantão JTI

aaaaaaaa.jpg

   

acidente-620x450.jpeg
 
Jovem morre em acidente entre carro e caminhonete próximo a Jataí

 

O Corpo de Bombeiros de Jataí resgatou um jovem, de 24 anos, após acidente ocorrido no quilômetro 226 da BR-364, em Aparecida do Rio Doce, na região Sudoeste de Goiás. Ezequiel Matos Bortolozo morreu após o veículo em que estava se chocar contra uma caminhonete.

 

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a suspeita é que a caminhonete, que seguia sentido Aparecida do Rio Doce, teria invadido a pista contrária e acabou se chocando com o Uno que Ezequiel dirigia. 

 

Com o choque, a caminhonete acabou capotando. Ela estava carregada com farelo de soja, que acabou ficando espalhada pelo acostamento da rodovia.

 

Os bombeiros foram até o local do acidente para retirar Ezequiel, que ficou preso às ferragens. Os militares fizeram uso de equipamento desencarcerador, mas o rapaz teve ferimentos na cabeça, no peito, nos braços e nas pernas. Ele não resistiu e acabou morrendo.

 

As causas do acidente ainda estão sob investigação.

Fonte: Eduardo Pinheiro - Mais Goiás

   

 
Profissionalização: veja como
melhorar o currículo na quarentena

 

Com o isolamento social, optar por cursos on-line é a melhor decisão. As consequências da pandemia do novo coronavírus podem ser observadas em diversos setores da vida das pessoas. O cuidado redobrado com a saúde deve ser tomado para evitar complicações nos âmbitos sociais e econômicos. Quanto às finanças, negócios em várias partes do país passaram a enfrentar dificuldades, ocasionando em demissões.

 

Especialistas aconselham que, diante do atual cenário, a melhor tática para quem deseja permanecer – ou entrar no mercado profissional – é investir em especializações. Com o distanciamento social imposto pela pandemia, a tecnologia deve ser ainda mais aliada, buscando por formações on-line. Isso deve ser feito agora, pois para um cenário pós-pandemia acredita-se que os profissionais mais qualificados poderão conquistar os melhores resultados.

 

Então, como se preparar?

O primeiro passo é fazer uma revisão do seu currículo, caso já o tenha pronto, fazendo uma análise minuciosa. O momento é de observar se as informações estão atualizadas e compatíveis com o atual momento da sua carreira. Até porque nossos objetivos, habilidades e planos tendem a mudar com o passar do tempo.

 

Caso não tenha um currículo, comece a criá-lo agora mesmo para que seja possível avaliar os pontos a serem melhorados. Em ambos os casos é importante pensar nas informações se colocando lugar de um profissional de RH responsável por uma seleção. O que essa pessoa destacaria de pontos fortes e fracos no seu currículo?

 

Se o seu currículo deixa a entender que você é um profissional pouco qualificado, é necessário refletir, dentro da sua área, o que pode ser feito, como um curso de especialização ou de idiomas, estar à frente de um projeto, dominar determinada técnica, dentre outras ações.


Em geral, profissionais de RH costumam prestar atenção nos seguintes aspectos dos currículos:

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

profissional.png

-Currículo atualizado;

-Adequado à vaga que está concorrendo;

-Sem erros ortográficos;

-Precisão e clareza nas informações dadas;

-Textos mais concisos. Caso seja necessário detalhar o seu trabalho, tenha um portfólio atualizado.

 

Cursos gratuitos na quarentena: É sempre importante destacar o quanto os cursos gratuitos são importantes para os profissionais. Além de passarem conhecimentos importantes em diferentes áreas, é possível conquistar mais uma qualificação para acrescentar ao currículo.

 

Especialização na quarentena: Outra forma do profissional investir em sua qualificação é através dos cursos de pós-graduação, que incluem as especializações e MBA’s. Essas formações são mais valorizadas no mercado, pois são de nível superior e oferecidas por instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Apesar dos benefícios, um empecilho para os profissionais ingressarem nesses cursos são os custos com as mensalidades. A situação se torna mais complicada no atual cenário da pandemia.

 

Por isso, a dica é aderir a uma bolsa de estudos diretamente nas instituições ou em empresas que trabalham com incentivo à educação, através de programas de descontos. O Educa Mais Brasil, por exemplo, disponibiliza cursos com até 70% de desconto nas mensalidades. O programa oferece desconto em cursos para todas as modalidades de ensino, da educação básica ao ensino superior, graduação e pós-graduação.

assinatura CIDADE.png